Desvende os termos curiosos das transmissões de MMA na TV

on 19 de mai de 2012


Começou com muita trocação, espalhou o frango, com direito a ponteira, mata-cobra e até copinho amassado. Ele se recuperou, esgrimou, cinturou e quedou o rival. Aí, o adversário tentou a raspagem, mas ele se defendeu bem, grampeou e espalhou o frango. Tentou uma guilhotina, não conseguiu, mas partiu para o ground and pound e botou para dormir. Agora, haja funilaria. E fim de papo.




Copinho:nome dado à coquilha, que protege a parte genital do atleta; “amassou o copinho” é uma frase recorrente quando um lutador recebe um golpe baixo de outro.
Colocar os ganchos: quando um lutador move suas mãos de maneira a ficar próximo de encaixar um golpe que vai imobilizar o rival. O termo “encaixar os ganchos” também pode ser usado. O termo “grampear” também é utilizado.
Cinturar: a partir da cintura, pegar o rival pelas costas.
Dormir: quando um lutador, seja por soco, chute ou imobilização, perde os sentidos momentaneamente. O termo “apagar” também é usado.
Espalhar o frango: acontece quando um lutador vai para as costas do outro oponente e consegue deixá-lo com a barriga no octógono.
Esgrimar: maneira que um atleta tem para se esquivar mantendo a distância do rival.
Funilaria: brincadeira nas narrações com o estado dos atletas que levam muitos golpes especialmente no rosto. O termo “martelinho de ouro” também é usado.
Ground and pound: derrubar o adversário e ficar em cima dele em posição para desferir socos e cotoveladas.
Guarda borboleta:posição de defesa na qual o lutador que está com as costas no chão põe os seus dois pés dentro das pernas do rival.
Guilhotina: movimento de imobilização no qual um braço envolve o pescoço e, geralmente, as pernas são usadas para imobilizar o tronco do rival.
Mata-cobra: soco desferido sem direção ou técnica, mas com poder de nocaute por ter muita força.
Martelar: quando um lutador, em cima do rival no ground and pound, desfere socos de cima para baixo.
Mochilar: golpe no qual um lutador domina as costas do rival que, mesmo assim, consegue se levantar.
Ponteira: chute, originário da capoeira, que atinge o rival com a planta do pé.
Quedar: derrubar o oponente. O termo em inglês também é usado, “takedown”.
Raspagem: movimento em que um atleta, com as costas no chão do octógono, consegue trocar de posição e passa a ficar em cima do oponente.
Trocação: termo relativo aos golpes quando os oponentes estão em pé em uma luta, como socos, chutes e joelhadas.

0 comentários:

Postar um comentário